Tags

, ,

Depois de muito tempo de escolhas e espera, finalmente chegou. A minha nova guitarra, uma Fender Sonoran SCE Custom com uma cor que não existia nas lojas, aqui em Espanha. Tive que a encomendar pela Internet a uma loja alemã, caso contrário teria de esperar 3 meses para que aqui chegasse😮. Não foi fender_silverdifícil de escolher, há muito tempo que tinha ideias de comprar uma guitarra semi-acústica, e já tinha experimentado algumas antes desta, mas nenhuma me convenceu ou eram demasiado caras, caso das Ovation, Martin ou Taylor. Um dia experimentei a Fender, que por acaso vi numa montra de uma loja de música e fiquei logo cativado pela sua estética, quando a experimentei não tive dúvidas, era aquela. Menos dúvidas tive em relação à cor, preto é normal, fica sempre bem, era uma escolha óbvia para a maioria das pessoas, mas sinceramente, o Firemist Silver (foto ao lado esquerdo) dá outra personalidade e elegância à guitarra, um certo ar vintage, mas moderno e com classe ao mesmo tempo. Há também aquele detalhe fantástico do cravelhame (a parte onde estão as cravelhas de afinação), tem o design das Strat’s da Fender😀 e o logo a dourado, grande pormenor.

Tem um som fantástico, isto se levarmos em linha de conta o preço, 235€. A maioria das guitarras desta gama, não são grande coisa, e tem uma amplificação muito fraca. Já tive oportunidade de ligá-la a um amplificador e experimentar, gosto do resultado, mas não é perfeita nesse aspecto. Adoro guitarras novas, sempre calibradas na perfeição e as cordas não “trastejam”. Esse é o meu medo, que ao fim de algum tempo, cada vez que toco um acorde ouvem-se aqueles barulho horríveis das cordas a tocar na madeira do braço da guitarra…

Eu sempre tive o sonho de ter uma Fender, pensei que fosse ser uma Strat (um dia será :D), mas foi uma acústica e não podia estar mais satisfeito.