Tags

, , ,

Até agora tive 4 dias de férias em Ponte de Lima. Tenho-me questionado sobre a utilidade destes dias passados na minha lindíssima terra natal. A questão é que desde há uns anos as minhas férias aqui tem sido uma fotocópia umas das outras, ou seja, prometo sempre a mim próprio que vou aprender qualquer coisa de útil, pois tenho tempo, mas acabo sempre por ceder à minha insistente preguiça e chego ao fim das férias,  contabilizando apenas uns quilómetros na bicicleta.

Não vale a pena este tipo de lamentos, basta pensar no mesmo tipo de gajos com o mesmo problema. A questão aqui é que a maior luta que travo diariamente é comigo mesmo e com o sacrifício que exige fazer certas coisas. Por exemplo, demorei meia-hora para escrever este parágrafo, porque estava a olhar para a televisão a ver o 30Rock.

São impressionantes as imbecilidades que poluem a blogosfera. Um gajo a queixar-se que não consegue fazer nada. Este post era para ser diferente, mas estes ares daqui não me deixam pensar direito.

ps: A Filomena Cautela é uma gaja genuinamente divertida. Ora aí está um tempo bem empregue.