Tags

, , , ,

Nesta nova “secção” do meu blog, pretendo fazer um bocado de justiça a alguns ilustres desconhecidos. Podia começar com muita coisa, mas como comecei a ouvir Angra desde muito cedo e este disco marcou-me, começo por ele. O Holy Live foi o primeiro álbuns ao vivo destes brasileiros que fazem o melhor Power-Metal que há.

Porquê este e não outro? Porque é tão bom como os outros e ainda por cima é ao vivo, onde as bandas não enganam. O som é de uma qualidade extraordinário, do melhor que já ouvi ao vivo. Não há muito mais a dizer, é daqueles que tem de se ouvir, porque quando uma banda soa melhor ao vivo do que em estúdio, é muito bom sinal. Os solos de guitarra são espectaculares, feitos com uma precisão clínica e com o feeling característico deste grupo.

O épico Carolina IV tem um início sensacional, um grande solo de guitarra e ritmos com sabor brasileiro.