Tags

, , ,

Hoje revi um filme que adorei. Se há diálogos com piada e significado, são as discussões que o Woody Allen tem com as mulheres quando estão na cama. Um filme cheio de detalhes, com um sentido de humor inteligente. E claro, excelentes interpretações. Não é que eu saiba alguma coisa de representação, mas em relação ao cinema o público tem muita sensibilidade para bons actores, mais do que na música, por exemplo. Quando se vê a Diane Keaton a interpretar a Annie Hall, sabe-se que é um desempenho extraordinário. Tenho visto muitas comédias românticas, admito que gosto do género, mas esta é sem dúvida a melhor. Este tipo de filmes, normalmente tendem a sr “cor-de-rosa”, mas esta está longe disso.

Houve uma cena que me marcou. Uma noite em que eles saíram para jantar, ainda não tinham começado o relacionamento, ainda antes de restaurante, ele pede-lhe um beijo para que não haja tensão na hora de se despedirem no final da noite. Assim ficarem a saber qual é a sensação de se beijarem. Eu pergunto-me, será que isto resulta mesmo? Pelo menos tem o efeito surpresa.😀

Dos excelentes diálogos, saíram algumas frases memoráveis.

“Eu não queria pertencer a um clube que me tivesse a mim como membro”. (citação de Groucho Marx)

“Fazer amor contigo, foi a coisa mais mais divertida sem me rir”.

“Não digas mal da masturbação, é sexo com alguém que amamos”.