Tags

, ,

E não é que o gajo agora têm uma linha de terços, com o CR7 gravado em vez da santa e tudo? Não chegava já a azeiteirice dos sapatos de senhora, brincos, bonés e todas as quinquilharias que se possam imaginar? É impressionante, nem a Fátima ele perdoa…

Eu não quero ser fundamentalista em relação a isto, mas é um bocado patético. Faz-me um bocado de confusão a exploração da marca CR7, não é nada de pessoal contra ele, mas é algo que me parece tão superficial, tão vazio, uma das faces do capitalismo, a aniquilação da identidade individual por um impulso de compra. Pior do que isso, é explorar essa situação.

Em relação ao comércio que existe em Fátima, nem vale a pena comentar. A partir do momento em que aparece Fátima com néons à volta da cabeça, e uma imagem da Última Ceia com luzinhas a piscar, está tudo dito.

p.s. No site da loja, há mais umas preciosidades que o Zé Manel não dispensa.