Tags

, , , , , ,

A belíssima actriz Marion Cotillard, vencedora de um Oscar no filme “La môme” sobre  Edith Piaf, protagonizou o seguinte vídeo:

A moral da história é que os homens apenas avaliam e respeitam as mulheres, julgando-as pelo decote.

Artigo no I.

Eu jurei que não tocava nestes assuntos, aqui no meu modesto blog. Para que ele continue a ser modesto e sereno, não vou sequer comentar a ofensa. Andamos sempre a bater na mesma tecla, não é, moças?

Também sobre esta guerra dos sexos, o cronista do Expresso e do Inimigo Público, Luís Pedro Nunes, um gajo que tem muita piada e fala bem sobre estas coisas, escreveu um artigo de opinião acerca de um estudo muito interessante. O estudo conclui o seguinte:

“In summary, we have found that differences between men and women in their personality traits become more extreme with the increasing development of human society.”

Foram inquiridas 17,637 pessoas de 55 países.  O inquérito baseou-se no Modelo dos Cinco Factores. Este modelo organiza hierarquicamente os traços de personalidade em cinco dimensões básicas: Neuroticismo, Extroversão, Abertura à Experiência, Amabilidade e Conscienciosidade. (Mais sobre o “Big Five”)

O resultado pode não ser intuitivo, mas eu já tinha concluído isto há muito. Não é preciso pensar muito, para perceber que uma mulher emancipada, uma verdadeira feminista, não tenta imitar os homens. É ela própria, com os seus sonhos, virtudes e defeitos. A mulher em toda a sua plenitude. Isso é mais do que qualquer homem, fica aqui a minha reverência a elas.