Tags

, , , ,

Se o deputado Ricardo Rodrigues, que  “tomou posse” dos gravadores dos jornalistas do Sol, que o inquiriam sobre o seu passado, com alguns casos estranhos pelo que parece, intitula esse acto de “acção directa“, sendo ele de um partido que tem pautado por acções desta génese, e os seus elementos têm de obedecer a uma forma única de pensar, o que chamará ele de “acções indirectas“? Telefonar à redacção do jornal? Comprar o jornal? Estes gajos são os maiores.

25 de Abril sempre!