Tags

, , ,

Não, ao contrário do que se possa pensar, este post não é sobre mim. Ando demasiado cínico para admitir algo do género. É um filme chinês.

Algumas cenas, naquelas onde se fala de coisas banais, a câmara fica fixa e as personagens vão-se movendo, desaparecendo mesmo, ouvindo-se só a voz. Como se tivéssemos presentes, sem nos mexermos, a observar. O cinema asiático têm muito disto, foca nos pormenores.

O titulo do filme não podia ser mais adequado, as coisas acontecerem porque eles estavam disponíveis para isso, a vida monótona e um casamento frio levou a que eles tivessem essa disponibilidade ou necessitassem dela. É um filme sobre a dificuldade em viver sentimentos, pois podem condicionar a nossa vida.

Este filme tem algo de especial, um charme e uma beleza muito característicos. A elegância e aparente solidão das personagens femininas, a fotografia e a banda sonora, têm muito a ver com isso.