Tags

,

«O preço da liberdade é a infelicidade. Tenho de contorcer a minha alma para escrever, para ser livre.»

Renascer, Susan Sontag. Daqui.

Cada vez me apercebo mais, de que a selecção criteriosa de livros para ler, é um processo frustrante. Quer por ignorância, quer pela efemeridade da vida. Se não formos egoístas, podemo-nos regozijar pela obra literária criada por pessoas como nós, que merece o nosso tempo e contemplação.