Tags

, , , ,

Este blogue, fez ontem (13 de Setembro) dois anos. Devia ter  assinalado a data, também ontem, mas esqueci-me, tal como sempre em relação a datas de aniversário. Já me estou a desculpar, para futuras faltas.

Foram 288 posts publicados, até à data. Este foi o primeiro, escrito num hostel em Utrecht, onde o blog também foi criado.

Muita treta foi dita, raramente em tom de desabafo, jurei que não falaria de certos assuntos, mas no próximo post, vou mais uma vez quebrar esse juramento.

A principal razão, que justifica a existência do blog, era ser um relato das minhas viagens. Acabou por não ser bem isso, porque essas tais viagens eram por lugares concretos, acabam por ser viagens oníricas, onde o cenário é resultado da minha construção mental, motivada por sentimentos, activados por estímulos provenientes desse tais lugares concretos. Ou, pura e simplesmente, nascidos do nada, ou de qualquer necessidade não identificada.O onirismo em toda a sua plenitude.

É interessante ler aquilo que escrevi há bastante tempo, certas coisas não mudaram absolutamente nada. A minha dificuldade em escrever sobre as coisas simples da vida, mas que no meu interior não têm princípio nem fim, manteve-se inalterável. E não tenho a certeza que queira mudar, para mim, as coisas concretas são completamente desinteressantes, ou assustadoras.