Tags

, , , , , ,

Confesso que fiquei assustado quando vi o trailer do Prometheus, o mais recente filme de Ridley Scott, e o seu regresso ao sci-fi. Pareceu-me que era uma tentativa de rentabilizar a marca Alien, até tem as criaturas parasitas em ovos e tudo, mas pelos vistos é um prólogo desse mesmo filme, que responde a questões que ficam pendentes, tais como “Quem era o piloto da nave que transportava os monstros (aliens)?”, pois naturalmente não foram eles que desenvolveram toda aquela tecnologia, deveria existir uma outra civilização.

O Prometheus responde a essas questões, pelo que pude ler sobre o filme. No entanto, avaliando pelo trailer, o filme aplica alguns clichés habituais do género, os cientistas que descobrem algo de extraordinário, que por sua vez estava no planeta há milhões de anos e era uma mensagem de outra civilização; o governo ou qualquer empresa poderosa apoia a pesquisa mas tem segundas intenções, a clássica “hidden agenda”, etc.

Espero para ver, à partida parece-me ser 10% do Contacto (a parte das mensagens) e 90% do alien, o que é bom, mas não acrescenta muito de original ao que já existe, é uma fórmula que tem rendido.